2017 © Sofia Freire

Galeria
Natura apresenta “Romã”, novo disco de Sofia Freire 
Dona de uma performance musical que transita pelo o que se compreende por erudito e eletrônico, com incursões experimentais e texturas psicodélicas, a cantora pernambucana Sofia Freire, 20, é definitivamente um dos grandes nomes geracionais da nova cena musical recifense. Em seu trabalho, a também pianista conjuga os heterogêneos ritmos modernos e clássicos, tendo como inspiração nomes como Bjork e Debussy. 

Esse complexo de referências e práticas levou a artista a ser selecionada pelo voto popular do Edital Natura Musical 2016, categoria que oferece patrocínio para a gravação de um disco. Batizado de “Romã” (Joinha Records/Natura Musical), inspirado nas possibilidades de geração do fruto, o novo álbum está sendo produzido por Homero Basílio e será lançado pela Joinha Records, em uma apresentação no Teatro Santa Isabel. Antes do show de lançamento, porém, serão divulgados dois singles e uma série de vídeos contando um pouco da produção. O CD também será disponibilizado na internet, em plataformas de streaming.

Por ter uma família fortemente enlaçada no segmento literário, a cantora sempre teve contato com expressões artísticas. Aos 15 anos, começou a compor e ritmar os versos que gostava, apresentando-os em uma linguagem lírica e contemporânea. Sua descoberta, entretanto, se deu por meio de uma seleção do selo Joinha Records, fundado pelos músicos China, Chiquinho e Homero Basílio. Em 2012, a jovem conquistou o selo e se juntou a artistas que compõem a gravadora, como Tibério Azul, Catarinha dee Jah, Black, a banda Mombojó e o próprio China.

Intitulado “Garimpo”, o primeiro disco de Sofia Freire foi lançado em 2015 e tinha por mote dar uma nova roupagem a poemas, proporcionando melodia e musicalidade aos versos. O álbum é a musicalização de poesias do pai, Wilson Freire, e da irmã, Clarice Freire, conhecida pelo livro e site Pó de Lua, no qual também figuram outros nomes da cena literária pernambucana. 

Trajetória

 

Em sua trajetória, a cantora ganhou o 7ª Prêmio da Música de Pernambuco e já dividiu palco com nomes como Tibério Azul, Silvério Pessoa, Trio Eterno e Mombojó, assim como fez participações nos discos de China e Mamelungos. A jovem artista também já se apresentou em festivais nacionais de referência como Coquetel Molotov e RecBeat.

O projeto foi selecionado pelo edital Natura Musical 2016 com apoio da Lei Rouanet. “O Natura Musical foi criado para valorizar a diversidade da produção contemporânea e a identidade da música brasileira”, diz Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. “Desde 2005, a plataforma já patrocinou mais de 330 projetos de artistas em diferentes estágios de carreira. Em Pernambuco, já participou dos lançamentos de artistas como Zé Manoel, Almério, Johnny Hooker, que representam essa música brasileira pulsante, diversa e apresentam novas expressões e linguagens, assim como o novo trabalho de Sofia Freire", complementa.

Playlist – Romã
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • SoundCloud
  • YouTube
 
Playlist – Vídeos
 
 
Natura apresenta “Romã”, novo disco de Sofia Freire